Diagnóstico de Displasia Coxofemoral

O diagnóstico radiográfico da displasia coxofemoral foi definido como exame padrão na década de 60 e é recomendado pela associação brasileira de radiologia veterinária (ABRV) e colégio brasileiro de radiologia veterinária (CBRV) para avaliação das articulações coxofemorais. Este procedimento deverá ser realizado conforme as normas do CBRV de posicionamento e qualidade. O diagnostico definitivo é obtido a partir dos 24 meses de idade e o animal deverá ser anestesiado. Esta condição poderá ser precedida de avaliações preliminares das articulações coxofemorais, que fornecerão dados precoces de normalidade ou não das mesmas, cujo exame poderá ser realizado em torno e a partir dos 12 meses de idade.

PennHIP – University of pennsylvania Hip Improvement Program

O método PennHIP foi desenvolvido pelo Dr. Gail Smith, na universidade da Pensilvânia, sendo um método seguro, para identificar precocemente os animais doentes, uma vez que permite a realização do diagnóstico a partir de 16 semanas de idade. O exame é realizado somente por veterinário que foram submetidos ao seminário de certificação e que posteriormente foram credenciados pela Universidade da Pensilvânia. Tem como objetivo principal reduzir a frequência e a gravidade da displasia coxofemoral em todas as raças caninas. Informe-se com seu médico veterinário ou acesse o site:
O serviço de radiodiagnóstico do IEMEV oferece os exames acima citados, sendo a Dra. Ana Carolina Rodrigues certificada e credenciada na universidade da Pensilvânia para realização do PennHIP.