Odontologia

A doença periodontal acomete frequentemente cães e gatos, podendo atingir 85% dos animais acima de três anos de idade. Ao contrário do que muitos proprietários pensam, a cárie não é comum nos animais, sendo a doença periodontal, a mais frequente dentre as doenças orais, podendo levar a inflamação da gengiva (gengivite), destruição do tecido de sustentação (periodontite) e disfunção de vários órgãos.

A doença periodontal ocorre pela presença da placa bacterinana que se consolida com a deposição de restos alimentares e componentes minerais provenientes da saliva, formando grandes placas, conhecidas como “tártaro” ou cálculos dentários, que se formam devido ineficiência na escovação ou mesmo, por características individuais, como má oclusão, conformação da arcada dentária e permanência de decíduos (“dentes de leite”).

Sendo a cavidade oral intensamente vascularizada, pode haver disseminação de bactérias através da corrente sanguinea, estimulando uma contínua resposta de defesa do organismo, onde anticorpos se ligam a tais bactérias na tentativa de inativá-las, gerando imunocomplexos (complexos de antígenos e anticorpos), que ao circularem através do sangue, se depositam nos microvasos dos órgão, promovendo disfunções, podendo desencadear glomerulonefrite (rins), endocardite (coração), artrite (articulações) e até mesmo sepse (infecção generalizada).

É importante ressaltar que a saúde bucal pode ter impacto direto na saúde do seu animal, não sendo somente um inconveniente estético e de odor desagradável, portanto, é importante estar sempre atento e buscar informações para prevenção e tratamento.

O setor de odontologia IEMEV está à disposição para ajudá-lo a prevenir, diagnosticar e tratar essas doenças o quanto antes, com equipamentos específicos e profissionais experientes e qualificados.

Dr. Fernando Elisio. – Responsável Técnico pelo setor de Odontologia do IEMEV.